HCM: o que é, como funciona e qual sua importância?

HCM: o que é, como funciona e qual sua importância?

Você sabe o que é HCM ou já ouviu falar?

Você já se perguntou o quanto a competitividade e o avanço tecnológico tiveram na organização, principalmente no que se refere às práticas de gestão de pessoas?

Bem, os recursos humanos se tornaram uma característica importante da empresa. Eles transformaram as funções administrativas e tradicionais do departamento de recursos humanos em funções estratégicas da empresa.

Essa abordagem estratégica é consistente com a gestão de talentos e capacidades e traz o conceito de que a área de recursos humanos precisa para aprimorar sua estratégia.

Esses conceitos são projetados para gerenciar pessoas e metas com base nos valores e metas de negócios.

 

Afinal, vamos entender melhor o que é HCM?

HCM ou gestão de capital humano é um modelo que alinha a tecnologia com as pessoas. Refere-se tanto a uma estratégia de negócios quanto a uma série de aplicações tecnológicas modernas que implementam a estratégia.

Abrange gestão de funcionários, contratações, cargos e funções, relatórios, recompensas de funcionários e gestão de talentos.

A gestão do capital humano vai muito além das capacidades tradicionais de liderança. Por serem funcionários com objetivos e aspirações, devem realizar um trabalho minucioso e coordenado para o alcance dos resultados. Portanto, a análise das informações é importante para extrair os melhores profissionais da organização.

Por meio de softwares ou aplicativos, é possível monitorar e acompanhar uma série de indicadores que avaliam as metas organizacionais, como produtividade dos funcionários, absenteísmo e satisfação, entusiasmo e engajamento coletivo de todas as equipes.

Dessa forma, os gestores podem observar quais colaboradores são o verdadeiro capital humano da organização.

 

Vamos falar um pouco dos benefícios do HCM:

Como vimos até agora, o modelo HCM tem características mais estratégicas na empresa, certo? Portanto, é necessário investir na permanência de profissionais de destaque na organização. Veja a seguir as vantagens do HCM na gestão de pessoas.

 

1.  Desenvolvimento pessoal

A forma de promover a formação de pessoal é extrair habilidades e competências de cada profissional. Gerenciar o capital humano significa se comprometer com o valor que todos podem agregar à organização.

Aprender é como o combustível que impulsiona as pessoas, pode se destacar no ambiente de trabalho e se tornar um profissional altamente qualificado.

É importante investir de forma simples para levar conhecimento aos funcionários para que eles possam aplicar o conhecimento imediatamente.

Atualmente, os profissionais procuram recursos visuais para facilitar a aquisição de novas informações. Gamificar uma nova tecnologia que tem sido usada por muitas empresas que desejam mudar a forma como gerenciam seu capital humano.

 

2.  Clima organizacional

Perceba os valores, crenças e comportamentos da empresa por meio da forma como os gestores conduzem os negócios e suas equipes para refletir a cultura organizacional.

Ao alinhar objetivos pessoais com a estratégia de negócios, a organização irá motivar os funcionários e focar no que realmente importa para todos.

Isso pode evitar desgaste ou conflitos entre colegas e superiores, ou evitar desalinhamento entre a comunicação interna e as medidas tomadas. Incentivar a boa convivência entre todas as pessoas e proporcionar oportunidades de desenvolvimento de carreira é essencial para a criação de um ambiente harmonioso.

 

3.  Retenção de novos talentos

Em primeiro lugar, para formar uma equipe competente, a qualidade no processo seletivo é fundamental.

Determinar o status do capital humano exigido pela organização e gerenciar esses profissionais por meio da habilidade pode proporcionar maior retorno aos negócios.

O aumento da participação e as soluções de carreira profissional ajudam a motivar os funcionários e proporcionam aos funcionários uma experiência de qualidade.

Dessa forma, retém e cultiva talentos e oferece oportunidades de desenvolvimento de carreira.

 

4.  Capital

O perfil do comportamento avaliativo pode fornecer informações sobre os pontos fortes e fracos dos profissionais avaliados. Dessa forma, pode haver maior segurança na tomada de decisões e no alinhamento das atividades para todos.

Este tipo de avaliação pode avaliar o capital humano, avaliando assim o capital humano de toda a organização. Após a avaliação, é importante fornecer feedback aos colaboradores.

Todos precisam de feedback, inclusive aqueles que se destacam na equipe. Fornecer feedback constante ajuda a manter o capital humano engajado, focado e motivado.

Apoiar, aprimorar habilidades, críticas construtivas e elogios são essenciais para o desenvolvimento e crescimento na carreira, além de níveis mais elevados de desempenho.

 

5.  Custo

Finalmente, uma grande vantagem da gestão do capital humano é reduzir os custos operacionais.

Em comparação com o aumento de funcionários ou mesmo com o investimento em infraestrutura, é muito mais econômico desenvolver e motivar as habilidades e habilidades dos funcionários.

Profissionais bem treinados tendem a cometer menos erros, têm maior produtividade e contam menos com intervenção externa e assistência para gerenciar suas atividades.

Vimos a importância e os benefícios do HCM, especialmente no uso da tecnologia. A tecnologia é sempre uma aliada para atrair uma nova geração de organizações emergentes.

Também permite um controle mais preciso dos resultados da operação. Isso dá ao seu departamento de recursos uma grande vantagem estratégica e competitiva.

O capital humano tem papel fundamental na obtenção dos resultados esperados. O que é mais notável hoje do que nunca é que os profissionais precisam ser levados a sério, cuidar de sua segurança, saúde e se comprometer em produzir mais e melhores produtos.

Essa é a forma de atingir o equilíbrio operacional e formar uma equipe mais coesa e produtiva.

 

Recommended For You

About the Author: Lucas Melo