Quanto Custa o Conserto de Celular Que Caiu na Água?

quanto custa o conserto de celular que caiu na água

Você acidentalmente já deixou seu telefone cair na água e logo pensou: quanto custa o conserto de celular que caiu na água?

O que fazer para restaurar o dispositivo? Geralmente, são encontradas dicas na Internet, tais como: colocar um smartphone no arroz ou secar com um secador de cabelo.

Mas eles funcionam? É possível reparar um celular em casa sem assistência técnica?

Para te ajudar com esse problema, o artigo a seguir separou algumas dicas sobre o que se deve ou não fazer quando o celular cair na água.

Quanto Custa o Conserto de Celular Que Caiu na Água?

Se não for corrigido a tempo, o contato com a água pode causar oxidação nos componentes do smartphone e até fazer com que o dispositivo pare de funcionar.

  1. No entanto, com a assistência de certas tecnologias,  a remoção da oxidação é relativamente fácil de concluir.
  2. No entanto, o componente que geralmente mostra mais defeitos em contato com a água é o painel interno.
  3. No entanto, o contato com a água também pode causar algumas manchas no visor do smartphone.
  4. No entanto, esse problema pode ser corrigido através do serviço.

Quando o usuário joga o telefone na água, a maior preocupação são os componentes internos, que são a parte mais importante do dispositivo.  Qualquer defeito nessas peças também se reflete nos possíveis custos de reparo.

O custo do reparo de telefones celulares através da oxidação está entre 150 e 250 reais. No entanto, vale lembrar que, por exemplo, o custo de substituição da placa-mãe é maior e, nesse caso, o reparo pode não valer a pena.  Além disso, deve-se observar que quanto mais tempo o usuário transportar o equipamento para o centro de serviço, menor a probabilidade de reparo

Celular que caiu na água, tem salvação?

Continuando sobre o quanto custa o conserto de celular que caiu na água, vamos saber se existe uma salvação real para o aparelho. Se deixar o telefone cair na piscina é uma dor de cabeça, é pior no mar. Isso ocorre porque a água salgada é muito corrosiva, age no dispositivo como um ácido e engole toda a placa telefônica.

A chance de reciclar celulares caiu no mar é quase nula. Você pode até ligar o dispositivo e ver a imagem na tela, mas, seja em wi-fi, fones de ouvido ou no conector de carregamento, enfrentará vários danos. A técnica conta que mesmo os aparelhos que possuem fator de proteção IP68, ou seja, resistentes a água, não podem ser utilizados no mar.

Eles são permitidos entrar até determinada profundidade e sempre em água doce, no mar, jamais.

E a garantia? Já era?

Aqui é pode ser um momento de fazer você mesmo. Embora os consumidores estejam devolvendo condicionalmente mercadorias danificadas, é improvável que a garantia do telefone cubra os danos causados ​​pela água. A maioria dos telefones celulares hoje em dia carrega um “rótulo de água” que muda de cor quando fica molhado.

O que fazer com um celular que caiu na água?

E o quanto custará o conserto de celular que caiu na água, segundo os especialistas dependerá das medidas a serem tomadas imediatamente.

Primeiro, tente abrir o dispositivo. A melhor maneira é desmontar o smartphone o máximo possível.

Se o seu dispositivo permitir, isso inclui a remoção do chip, do cartão microSD e, principalmente, da bateria, pois se a bateria for deixada no telefone, poderá causar danos. A própria radiação elétrica do celular pode causar corrosão no circuito do equipamento e, uma vez corroído, não há mais o que fazer.

Após remover todos os componentes, seque-os um a um com uma toalha ou pano e, em seguida, aplique-os suavemente para evitar a perda de água. A melhor atitude continua sendo levar o smartphone para os reparos necessários. Afinal de contas, a água oxidará o equipamento e as pessoas não poderão repará-lo em casa. Um empresa especializada no ramo de assistência o telefone e executará a desoxigenação corretamente.

Não coloque o celular para carregar

E lembre-se, antes de ver quanto custa o conserto de celular que caiu na água, jamais coloque o aparelho para carregar.

Quando o telefone fica molhado, definitivamente nos sentiremos sem esperança e logo garantiremos que tudo esteja normal.

É natural tomar a pior ação, que é carregar o telefone.

Quando o telefone é molhado, ele é exposto a líquidos, por exemplo, a água da piscina.

Sabemos que a água pode conduzir eletricidade e, quando carregamos um telefone celular, estamos conectando elétrons ao dispositivo através do carregador.

Devido à umidade interna, ele fechará o “curto-circuito” nos componentes internos, danificando ainda mais o dispositivo.

Conclusão

Por fim, nossa última dica de atitude a ser tomada antes de saber quanto custa o conserto de celular que caiu na água, é saber se o celular com tela rachada fica mais vulnerável.

Sim, se seu telefone possui rachaduras ou algum defeito na tela, o cuidado deve ser redobrado.

Isso se dá, pois, o aparelho fica mais vulnerável ao contato com a água, já que a água entra pela fresta do vidro rachado e pode contaminar mais rapidamente o display.

O que achou do nosso conteúdo? Deixe a seguir o seu comentário e confira nosso último artigo sobre o custo financeiro médio de um troca de tela de smartphone.

Recommended For You

About the Author: Emilly Cavalcanti