Saber inglês é fundamental no mercado de trabalho: entenda!

A língua inglesa deixou de ser um diferencial e passou a ser uma necessidade para diversas organizações. Grandes empresas de recrutamento do país estimam que, atualmente, 60% das vagas de emprego exigem que o candidato saiba – pelo menos – o básico de inglês.

Embora este seja um item importante no currículo das pessoas hoje em dia, segundo uma pesquisa da British Council e do Instituto de Pesquisa Data Popular, apenas 5% da população brasileira falam a língua, sendo 1% deles fluentes.

Ou seja, quem sabe falar em inglês sai na frente nos processos seletivos. Em alguns casos, os candidatos que não tem este item no currículo já são descartados. Não adianta mentir neste momento, muitas entrevistas presenciais têm partes faladas neste língua.

Então, fica evidente que saber inglês é essencial no mercado de trabalho atualmente. Por falta de tempo ou recurso financeiro, muitos deixam de estudar essa língua e acabam ficando para trás em suas carreiras.

Se você se identifica, temos uma dica que é gratuita e flexível para você aprender de uma vez por todas essa língua. Mas por que o inglês é tão importante para as empresas?

Todos já ouviram falar que o inglês é o segundo idioma mais falado no mundo, ficando atrás apenas do mandarim. Mas um dado importante neste assunto é que a língua inglesa é a primeira mais usada dentro de empresas, seguida pelo espanhol.

Então, no mercado de trabalho, o inglês é fundamental para a comunicação interna e externa em muitas organizações. Dependendo da área de atuação, algumas tarefas precisam ser feitas nesta língua, por exemplo.

O que não podemos negar é que o inglês é essencial atualmente. A seguir, você verá um dado importante que te fará começar a estudar esta língua imediatamente. Não perca também nossa dica de como estudá-la sem custos e perda de tempo. Confira!

Por que estudar inglês é tão importante?

Se os dados citados ainda não te convenceram, o que diremos a seguir com certeza mudará seu ponto de vista. Estudos das maiores recrutadoras do país indicam que em 10 anos, todas as vagas de emprego que exigem ensino superior para pessoas com mais de 25 anos, exigirão a língua inglesa.

Ou seja, para este grupo de profissionais, para se candidatar a alguma vaga, precisará saber pelo menos o básico de inglês. O tempo está correndo e se daqui a alguns anos você ainda não souber falar a língua, como conseguirá bons empregos?

Segundo a Catho, empresa de recrutamento referência no país, este conhecimento impacta diretamente no salário dos profissionais. Pessoas que sabem falar inglês recebem cerca de 42% a 52% a mais das que não sabem.

A diferença é enorme e pode estar perdendo tudo isso, por ser relutante contra o aprendizado desta língua.

Por que as empresas pedem inglês no currículo?

Além de ser uma tendência mundial, as empresas requerem este conhecimento por diversos motivos. O inglês é a língua universal. Ou seja, em uma organização multinacional, com pessoas de diversos países, todas as falarão em inglês para se comunicarem ao invés de estudar diversas línguas diferentes.

Sendo assim, o inglês é usado em diversas ocasiões e de formas diferentes. Dependendo do segmento, os fornecedores são de outros países. Clientes estrangeiros, filiais fora do Brasil são alguns exemplos.

Se precisar enviar documentos em inglês ou enviar o produto para fora do país, também precisará saber da língua. São muitas funções que requerem este conhecimento e como o inglês é a língua universal, se tornou muito importante no mercado.

Como aprender inglês e se destacar no mercado de trabalho

Como dissemos no início deste conteúdo, temos uma dica. Existem diversos cursos online grátis ensinando inglês. Ao contrário do que muitos pensam, essa modalidade à distância não tem menos qualidade do que as presenciais.

Cada dia mais alunos optam pelo ensino online. Por isso, as instituições melhoraram suas plataformas e desenvolveram cursos excepcionais sobre os mais diversos assuntos – a língua inglesa é uma delas.

É uma opção muito interessante para pessoas que não têm recursos financeiros, dado que é mais barata do que as aulas presenciais. Alguns destes cursos são até mesmo gratuitos.

Outro ponto positivo é a flexibilidade de horários. Você poderá assistir às aulas de onde e no horário que quiser. Não precisará perder tempo se locomovendo até o local ou perder aulas por sair atrasado do trabalho, por exemplo.

Muitas pessoas têm receio por não estar diante de um professor. Mas, com o avanço tecnológico e aumento da procura por cursos online, diversas plataformas para facilitar essa comunicação foram criadas.

Durante a aula, por grupos de conversa, chats online, seminários e por outros diversos meios, é possível tirar suas dúvidas facilmente e rapidamente.

Seu futuro está a um clique de distância. Não deixe essa oportunidade passar, são aulas incríveis com ótimas plataformas para tirar dúvidas, fazer networking e se aprofundar na língua. Potencialize seu currículo e seja um sucesso!

Recommended For You

About the Author: Gabriela Azevedo