Como Identificar se Houve Fecundação e Nidação?

Saiba como identificar se houve fecundação e nidação

A fecundação é o processo em que um espermatozóide penetra no óvulo, resultando em um óvulo fertilizado conhecido como zigoto. Quando o zigoto implanta-se na parede do endométrio, chama-se nidação.

O processo de nidação ocorre tanto em gestações ocorridas de forma natural e em tratamentos de reprodução humana, e leva, em média, cinco a sete dias para ocorrer. Ou seja, da formação do zigoto até a implantação no útero, esse processo pode demorar cerca de uma semana.

Saber identificar os sintomas conforme o dia do seu ciclo, poderá te orientar bastante em entender os possíveis primeiros sintomas de gravidez e estar mais preparada para essa grande mudança.

Ômega 3: quem precisa ingeri-lo e como fazer

Como ocorre a fecundação?

A fecundação ocorre quando o espermatozóide se introduz no óvulo. Esse encontro acontece nas Trompas de Falópio, após a expulsão de um óvulo maduro pelos ovários.

O processo de fecundação não é um processo tão simples assim. Durante uma relação sexual, o homem pode ejacular uma média de 20 milhões de espermatozoides, mas menos da metade deles conseguem encontrar o óvulo nas Trompas de Falópio. E dessa metade, apenas o mais forte consegue romper a membrana que reveste o óvulo e, assim, fecundá-lo.

O óvulo após fecundado se transforma em um zigoto. Depois de aproximadamente 30 horas, o zigoto sofrerá o processo de divisão celular, transformando-o em uma mórula.

O que acontece na nidação?

A nidação é a etapa que ocorre após a fecundação, para dar início a gravidez. Após mais 5 dias, será desenvolvido um blastocisto que deve se implantar na parede do útero, dando início ao desenvolvimento do feto. De forma geral, todo o ciclo da fecundação pode levar até 15 dias.

Quando o embrião atinge o útero, é produzido um hormônio chamado Hormônio Coriônico Gonadotrófico (HCG). É esse hormônio que induz o ovário a produzir estrogênio e a progesterona. O estrogênio e progesterona chegam à hipófise “avisando” que a mulher está grávida.

Assim, a hipófise para de produzir os hormônios (FSH e LH) que iriam estimular o ovário para a ovulação, suspendendo o ciclo menstrual. Quando uma mulher está grávida, é o exame desse hormônio que dá certeza da gravidez. Esse exame costuma dar positivo no primeiro dia de falha da menstruação.

Quais sintomas da fecundação?

Lembrando que, para a fecundação acontecer, a mulher precisa estar no período fértil, que é quando o corpo libera um óvulo de um dos ovários para ser fecundado. Isso acontece por volta dos 14 dias antes do primeiro dia do ciclo menstrual.

Os sintomas da fecundação são os da gestação, sendo os mais comuns:

  • Sensação de cólica abdominal leve entre o 6º ou 7º dia após o período fértil;
  • Surgimento de corrimento rosado após 10 a 12 dias do período fértil;
  • Cansaço e sonolência excessiva;
  • Seios inchados e doloridos;
  • Dor de cabeça leve e persistente.

Caso a mulher tenha tido relações sexuais durante e período fertil e nos dias seguintes apresentar esses sintomas, existem grandes chances de ter ocorrido a fecundação.

Quais são os principais sintomas da nidação?

Devido a esta sequência de tempo, o fim do processo de nidação coincide com a data em que a mulher deveria ficar novamente menstruada, se considerar um ciclo menstrual regular de 28 dias.

Sem dúvidas, o atraso no início do ciclo é um dos primeiros sintomas da nidação. Além dos sintomas mencionados acima, estes podem indicar que houve a nidação e seu corpo está se preparando para grandes mudanças:

  • Pequenos sangramentos de cor amarronzada, rosado ou aguado, durando no máximo 3 dias; sem fluxo de cor viva e intenso
  • Cólicas parecidas com as menstruais
  • Leves pontadas no baixo ventre

Os sintomas da nidação podem aparecer entre 7 e 15 dias após o período fértil, se a fecundação aconteceu. Portanto, só acontece a nidação se o embrião se fixar e a gravidez acontecer.

11 empresas de ambulâncias particulares

Recommended For You

About the Author: Fernando Silvestre