Quais são as causas mais comuns de incêndios

Quais são as causas mais comuns de incêndios

Existem diversos fatores que podem causar um incêndio. Ainda que de menores proporções, é necessário estar sempre atento para que não haja prejuízos tanto para a vida humana, quanto à animal, e até mesmo, para que ninguém seja lesado financeiramente por conta do ocorrido. Tendo isso em vista, descubra quais são as causas mais comuns de incêndios, e de que forma você pode preveni-las.

Tipos de incêndio

Existem dois tipos de incêndio: os de causas naturais, e artificiais. Diferentemente do que se costuma pensar, os que ocorrem na natureza não acontecem necessariamente por ação humana.

Enquanto os artificiais são originados pelo homem, seja de forma acidental (por descuido) ou de propósito (ação criminosa, seja de grande ou menor proporção).

Quais fatores causam incêndio?

Para elucidar as suas dúvidas, e mostrar quais pontos merecem a sua atenção, vamos começar por incêndios que são causados de forma acidental.

A junção da luz e calor proveniente do sol com lente é capaz de provocar chamas. A combinação desses fatores é uma das causas de incêndios na natureza.

Uma das causas de incêndios mais comuns em residências ocorre por conta do vazamento do botijão de gás. Para que o mesmo não venha a acontecer com você, coloque-o somente em local com ventilação.

Caso, por alguma razão, você sinta o cheiro de gás vazando tome as seguintes providências: feche o registro, aumente a circulação do ambiente com a abertura de portas e janela.

E, jamais, em hipótese alguma, ligue a luz, acenda isqueiro, fósforo ou vela. Feito isso, ligue para o corpo de bombeiros, via telefone 193. Esses passos são fundamentais para evitar uma explosão.

Além do gás, outro fator que também causa incêndios com frequência é a eletricidade. Entre as causas está o superaquecimento, disjuntores, mau contato, curto-circuito e também o excesso de carga – quando há diversos dispositivos conectados à mesma tomada.

Como posso prevenir um incêndio?

Além das práticas que citamos anteriormente, existem outras medidas que podem ser tomadas para evitar que um incêndio aconteça. Dentre elas, a contratação de serviços de proteção passiva contra fogo.

A proteção passiva serve para compartimentar o fogo, e consequentemente, limitar suas ações nocivas. Dessa forma, é possível evitar as perdas de valores estratosféricos na estrutura do empreendimento. Conheça quais são:

Tinta isolante térmica

Além do benefício contra as alterações de temperaturas no ambiente, esse tipo de tinta tem como diferencial a prolongação da vida útil do telhado, extermínio de goteiras, e ainda requer um número menor de manutenções do que as versões comuns.

Vale a pena investir nessa versão uma vez que ela também proporciona uma economia financeira em virtude da redução de até 30ºC na temperatura da telha, que causa uma baixa de custos com a conta de energia elétrica em até 60%.

Antichamas

Considerando a quantidade de itens inflamáveis presentes em ambientes residenciais e de trabalho, é importante que seja aplique substâncias que retardam a ação do fogo.

Os produtos antichamas podem ser usados em madeiras, tecidos, carpetes e semelhantes. Sua ação ajuda a diminuir a emissão de fumaça e propagação do fogo, para que assim haja mais tempo para evacuação do local, e combate ao incêndio.

Tinta intumescente

As estruturas metálicas quando entram em combustão geram danos irreversíveis para a edificação. Para evitar que haja a falência da propriedade por conta dos danos causados pelo fogo, é necessário utilizar a tinta intumescente.

Esse produto age a partir de quando a temperatura do ambiente ultrapassa os 200ºC. A proteção é feita a partir da expansão do produto que aumenta até 30 vezes o seu tamanho original com o intuito de criar uma barreira isolante e resistente ao fogo.

Assim, retardará a ação do fogo em até 1h, de forma que haja a possibilidade da evacuação do espaço de forma segura até a chega do Corpo de Bombeiros.

O produto está disponível para venda na cor branca. No entanto, pode ser pigmentado com a tonalidade desejada, e ainda receber o acabamento com tintas convencionais.

Shafts

Tendo em vista que uma das maiores causas de incêndio começa nas instalações elétricas e hidráulicas, é imprescindível que essa rede também seja protegida contra incêndios.

Os Shafts também fazem parte de conjunto de proteções passivas e agem a partir da vedação da parte elétrica, hidráulica e telefônica da edificação.

Assim, proporciona uma barreira de dutos que assegura que nenhum componente tóxico, incluindo fogo e fumaça se alastre pelo local, de forma a reduzir os danos causados pelas chamas.

Se proteja!

Agora que você já sabe quais de que forma você pode evitar um incêndio, e os danos causados pelas chamas, chegou a hora de colocar todo esse conhecimento em prática!

Recommended For You

About the Author: Gabriela Azevedo