Álcool ou gasolina: qual escolher?

Álcool ou gasolina: qual escolher?

Ambos os combustíveis apresentam prós e contras, mas não existe um melhor que o outro: tudo depende das necessidades do motorista

 

Em tempos de alta dos combustíveis e preços de outros itens essenciais para o dia a dia, como alimentos e até mesmo energia elétrica, a maioria das pessoas busca alternativas viáveis de diminuir os gastos na hora de completar o tanque do carro ou da moto.

 

Pessoas que têm carros flex têm mais vantagem nessa hora: a possibilidade de escolher álcool ou gasolina para encher o tanque, o que representa uma chance de economia. No entanto, essa possibilidade também faz com que as pessoas tenham dúvidas sobre qual o melhor combustível para abastecer seu automóvel.

 

É importante ressaltar que existem vantagens e desvantagens tanto no álcool quanto na gasolina. Por isso, se você busca saber qual é o melhor dos combustíveis, isso é impossível: existe um que se encaixa melhor nas suas necessidades, e não um que seja melhor do que o outro.

 

Agora, vamos descobrir quais são as vantagens dos dois combustíveis para que você possa escolher o seu favorito na hora de encher o tanque!

 

Quais as principais características da gasolina?

 

Derivada do petróleo, a gasolina é um combustível fóssil que se popularizou no século XX, quando os primeiros automóveis começaram a ser produzidos.

 

Apesar de ser um dos combustíveis mais utilizados no mundo, ela é considerada prejudicial ao meio ambiente devido à produção de materiais como dióxido e monóxido de carbono originados da sua queima.

 

Se guardada por muito tempo sem ser usada, a gasolina evapora e envelhece no tanque, o que faz dela uma opção ruim para quem usa o carro ou a moto ocasionalmente, para passeios no fim de semana ou uma ou outra ida ao trabalho, por exemplo: ela perde sua capacidade de queima, deixando de ser uma boa opção de combustível.

 

Apesar de ser prejudicial ao meio ambiente, a gasolina apresenta uma maior densidade energética, possibilitando que o carro ou a moto ande por distâncias maiores sem gastar tanto combustível.

 

Quais as principais características do álcool?

 

Também chamado de etanol, o álcool é um combustível renovável, que pode ser derivado de uma série de materiais produzidos na natureza: cana-de-açúcar, mandioca, batata, milho e até mesmo beterraba.

 

No Brasil, esse combustível passou a ser popular nos anos 70, com a crise do petróleo pelo mundo e a criação do programa ProÁlcool no país, que atingiu níveis mundiais e popularizou o etanol em outros países também.

 

Por não conseguir ser usado em temperaturas abaixo dos 70ºC, o álcool não é uma boa opção para viagens curtas, pois a baixa temperatura que será atingida pelo tanque não é o suficiente para evaporar o combustível — ou seja, ele possui baixa densidade energética.

 

No entanto, o álcool chama atenção por ser mais ecológico em relação à gasolina: sua baixa emissão de gases tóxicos o torna um combustível melhor para o meio ambiente.

 

Carro flex pode misturar álcool e gasolina?

 

É comum que pessoas donas de carro flex muitas vezes questionem se é possível misturar álcool e gasolina, seja por um combustível estar mais barato do que o outro em um dia, ou pela possibilidade da mistura render mais do que apenas um dos combustíveis sozinho.

 

Apesar do comentário de que o carro flex tem problemas quando se mistura álcool e gasolina em seu tanque, isso é apenas um boato: na verdade, independente da porcentagem na mistura, o carro se comporta bem com a mistura de álcool e gasolina em seu tanque.

 

Por isso, sim, quem tem carro flex pode misturar álcool e gasolina na hora de abastecer.

Recommended For You

About the Author: Alessandra